Imunidade em tempos de prevenção

Imunidade em tempos de prevenção

  Em tempos de pandemia com grandes problemas na saúde pública, já está mais que provado a gravidade do Coronavírus, com isso surgem algumas perguntas. Algumas dúvidas como: qual a melhor forma de se prevenir ? Não terá algum remédio ou vacina? Há algo que podemos incluir na nossa rotina para aumentar a nossa imunidade? Respostas definitivas ainda não existem, mas sabemos que um estilo saudável é a melhor opção para manter o corpo forte para qualquer eventual contaminação.

  Em todo mundo, já são mais de 300.000 casos de pessoas que contraíram a doença. Estudos mais recente do Jornal Internacional de Ciência Oral aponta que essa família científica do Coronavírus, proveniente dos morcegos e do pangolim, pode contaminar humanos e mamíferos vertebrados, afetando respiração, sistemas gastrointestinal e nervoso. Esse mesmo estudo indica que esse vírus, causando principalmente febre e dificuldades respiratórias, são transmitidas através de olhos, nariz e boca nas pessoas.

 Dentro dos cuidados que deve-se tomar, os pontos de consenso são lavar e higienizar mãos e rosto, evitar aglomerações de pessoas, praticar exercício físico moderado, beber bastante água, dormir bem, além de procurar a ingestão de alimentos que fortalecem nosso sistema imunológico.

Alguns alimentos como:

Frutas cítricas: ricas em vitamina C e compostos bioativos antioxidantes

Vegetais Verde Escuros: melhoram a resposta antiviral do organismo

Castanha do pará, queijos de castanha e bebida de castanha: possuem selênio que contribuem para funções antioxidantes

Especiarias naturais: cúrcuma, gengibre, manjericão, alecrim: possuem ação anti-inflamatória, antimicrobiana, ação antioxidante e protetora respiratória

Alimentos fermentados: kombucha, kefir, tempeh, frutas fermentadas: contribuem para a ação detoxificante do organismo, um intestino saudável e contribui para o sistema imunológico

  A Kombucha é uma bebida proveniente na região da China a 3.000 anos atrás e consumida popularmente como um tônico terapêutico por lá. A bebida é um chá que passa por um processo de fermentação que fica levemente gaseificada e libera vitaminas e enzimas benéficas para o corpo. A Puro Verde fabrica os sabores chá verde com mirtilo, com maracujá, com abacaxi e hibisco ou com uva e chá mate com gengibre. "Levamos o processo de fabricação muito a sério e investimos muito em pesquisa e desenvolvimento ao longo dos últimos 3 anos. Qualidade é indiscutível. Hoje temos um processo que garante um produto seguro e com benefícios reais ao consumidor. Também temos um grande trabalho junto a cadeia produtiva para garantir os melhores ingredientes em nossa fabricação. Existe um compromisso de toda a empresa em fabricar as melhores kombuchas do mercado" afirma o CEO.

Em tempos em que precisamos de uma imunidade forte e resistente , é válido lembrar que a Kombucha possui princípios ativos poderosos que contribuem positivamente para a nossa saúde. A kombucha contém vitamina C, algumas vitaminas do complexo B, alguns minerais, polifenóis antioxidantes, e ácidos orgânicos como o ácido glucurônico que juntamente com sais minerais atuam de forma sinérgica para a saúde do organismo. “A kombucha possui ácidos orgânicos produzidos em sua fermentação, como o ácido glucurônico que além de auxiliar a detoxificar o organismo, favorece a atividade normal do corpo e tem propriedade antimicrobiana. Além disso são utilizados chás na preparação da kombucha, sendo que os chás as fontes mais ricas em flavonoides, que são polifenóis presentes naturalmente em alimentos de origem vegetal. Dentre as atividades biológicas dos flavonoides estão a atuação contra os radicais livres (função antioxidante), combate às viroses, alergias, inflamações, úlceras e doenças cardiovasculares. Atualmente também há a preocupação da população por hábitos alimentares que garantam o equilíbrio da flora intestinal, já que hoje há a consciencialização sobre a estreita relação entre a microbiota intestinal e a saúde humana. Hoje a kombucha tem sido apontada na literatura como um potencial superalimento para a microbiota intestinal e na promoção da saúde e do bem-estar geral por conta da sua atividade probiótica, mas ainda precisamos de mais dados científicos que validem esta hipótese.” afirma a nutricionista da Puro Verde, Juliana Maciel.